Como investir em ações na bolsa de valores?

Menos de 1% dos brasileiros investem na bolsa de valores, enquanto em países desenvolvidos essa porcentagem pode ultrapassar mais da metade de toda população! Nos Estados Unidos, por exemplo, cerca de 65% investem em ações. É um problema cultural, embora seja simples comprar papéis e se tornar sócio de grandes empresas públicas ou privadas como Petrobrás, Vale e Ambev.

Como investir em ações na bolsa de valores?

Aqui no Brasil, a Bovespa é a nossa bolsa oficial, atualmente se chama B3 e fica localizada na capital São Paulo. Através dela é possível comprar ações de companhias listadas, além de ouro, petróleo, derivativos (contratos futuros de índices ou moedas) e até mesmo commodities agrícolas como o Café, Milho e Soja.

Para ter acesso a bolsa, você precisa criar uma conta em uma corretora que seja autorizada e regulada pelo órgão público que cuida destes assuntos, a CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Os principais bancos, Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa já possuem este serviço, abaixo também selecionamos algumas corretoras independentes:

  • Clear;
  • Rico;
  • Toro;
  • XP Investimentos.

Após criar a conta, você passará por um processo de análise. Se o cadastro for aprovado, basta acessar o Home Broker da corretora (ferramenta usada para a compra e venda de ações). Lá você poderá negociar ações de todas as empresas listadas em bolsa.

Antes de comprar os papéis de uma empresa, estude a sua atual situação financeira, fiscal e jurídica. Dê uma olhada na contabilidade através dos balanços e confira os releases emitidos pelo departamento de RI (Relações com Investidores).

Lembre-se, bolsa é renda variável! Funciona diferente da poupança e aplicações de renda fixa tradicionais. Os ativos de risco podem oscilar, e consequente o seu patrimônio também… Logo, é recomendado primeiro consultar uma assessoria, as grandes corretoras oferecem o serviço gratuitamente.

O seu assessor de investimentos é um profissional certificado, autorizado e com experiência para esclarecer os assuntos econômicos. Já para questões técnicas, você deve consultar a mesa de operações.

Desejamos prosperidade!